sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Gases do efeito estufa aumenta 49% em 20 anos

Emissão de gases de efeito estufa aumenta 49% em 20 anos
Em2010, as emissões chegaram a dez bilhões de toneladas e aproximadamente metade destes gases de efeito estufa permaneceu na atmosfera.
A primeira década de 2000 apresentou níveis de emissões 3,1% superiores à década de 90
São Paulo - Pesquisadores do Centro Tyndall de Pesquisas sobre Mudanças Climáticas, da Universidade de East Anglia, em Londres, informaram que as emissões de gases de efeito estufa, ocasionadas pelo uso de combustíveis fósseis, cresceu 49% desde 1990.
O estudo foi publicado no jornal “Nature Climate Change” do último domingo e traz análises feitas nas duas últimas décadas. Os pesquisadores identificaram aumentos pontuais, como o ocorrido em 2010, após a crise financeira mundial, ocorrida em 2008 e 2009.
No ano passado, as emissões chegaram a dez bilhões de toneladas e aproximadamente metade destes gases de efeito estufa permaneceu na atmosfera. A primeira década de 2000 apresentou níveis de emissões 3,1% superiores à década de 90.
Além disso, este milênio tem superado os limites de emissões impostos pelo Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC). Segundo a coordenadora da pesquisa, Corinne Le Queré, se estes níveis forem mantidos, é possível que a Terra supere o aquecimento em dois graus até 2100, que era o limite pré-determinado.
Os maiores emissores já são conhecidos e o estudo apenas reforça a presença de Estados Unidos, China, Rússia e toda a Europa entre os principais poluidores mundiais. Consequentemente, estes países são grandes causadores do aquecimento global e também têm responsabilidades pelos reflexos das mudanças climáticas. (exame)

Nenhum comentário: