terça-feira, 15 de maio de 2018

Como é possível ser um turista sustentável?

Você é um consumidor consciente? Pode ser que no dia a dia você adote atitudes sustentáveis, como evitar o desperdício de água e energia e separar materiais para a reciclagem. Mas essas iniciativas acompanham você nos períodos de férias? Para a Organização Mundial do Turismo (OMT), o consumidor consciente deve impactar de forma positiva a natureza e comunidade local visitada. O turismo sustentável implica em aproveitar a viagem sem perder de vista a proteção do patrimônio natural e cultural do local visitado.
A cada dia, empresas e organizações do setor turístico têm ampliado as discussões em torno do tema. O debate ganhou ainda mais destaque em 2017, ano eleito pela Organização das Nações Unidas (ONU) como o Ano do Turismo Sustentável. Mas afinal de contas, o que é ser um turista sustentável? Para que você possa colocar em prática ações que tornem suas viagens mais conscientes e responsáveis, separamos algumas dicas.
Comece pelo planejamento
Os primeiros passos para que a sua viagem seja sustentável começam na escolha do roteiro. O ideal é procurar por locais onde a ação do mercado turístico não impacte de forma significativa o ambiente natural e o desenvolvimento das comunidades locais. Além disso, a época do ano no qual você visita o local também faz diferença: procure viajar para os roteiros em baixa temporada, evitando uma sobrecarga de pessoas no ambiente.
Outro ponto é a escolha da hospedagem. O compartilhamento de casas, através de aplicativos como o Airbnb, é uma opção que reduz impactos. Caso esse tipo de acomodação não funcione para você, é possível encontrar hotéis e pousadas que adotam práticas sustentáveis.
A atitude sustentável pode se refletir até na compra das passagens aéreas. Procure saber quais são as ações realizadas pelas companhias aéreas para diminuir o impacto dos voos no ambiente. Há companhias no Brasil que já aderiram ao biocombustível, assim como companhias internacionais que investem nas calculadoras de carbono para diminuir os impactos ambientais.
Seja consciente
Internalize a regra dos 3 Rs: reduza, reutilize e recicle. Evite o desperdício de água, apague as luzes quando a utilização delas não for necessária, jogue lixo no lixo e evite a degradação da natureza, não arrancando folhas, flores, mudas e frutos das árvores.
Pequenos atos já podem fazer a diferença. Quer um exemplo? Sabe aquela toalha do hotel que você usou apenas uma vez e tem por costume destinar à lavagem? Em casa, nossas toalhas de banho costumam ser usadas mais de uma vez e por que pediremos que sejam substituídas a cada utilização em hotéis? Aproximadamente 16% da demanda de água das hospedagens é usada na lavanderia, por isso, se você contribuir para a diminuição desse número, estará contribuindo para a preservação do meio ambiente.

Valorize a cultura local e o ambiente local

Enaltecer a cultura e a gastronomia local é uma forma de movimentar a economia da região e contribuir para que a comunidade se desenvolva. Na hora de comprar lembrancinhas, dê preferência ao artesanato local, assim como, durante as suas refeições, valorize as comidas típicas, deixando de lado os fast foods.
Outra dica é buscar realizar os seus passeios a pé ou de bicicleta. Dessa forma, você evita o stress do trânsito e a emissão de gases poluentes provenientes da queima de combustíveis.
Por fim, é muito importante respeitar a fauna e a flora local. Pode parecer atrativo visitar uma região na qual se tem contato com elefantes, golfinhos e outros animais selvagens. Porém, é preciso saber em quais condições esse relacionamento acontece. Procure saber de ONGs locais de que maneira esses passeios interferem naquele ecossistema e se invadem o espaço desses animais.
São várias as ações que você pode realizar para que a sua próxima viagem seja um pouco mais sustentável. No site da MaxMilhas, além de passagens com até 80% de desconto, você encontra mais dicas de como ser um turista consciente. Clique aqui e saiba mais! (ecodebate)

Nenhum comentário: