domingo, 25 de abril de 2010

Iceberg gigante colide com geleira na Antártida

Um iceberg gigante de 54 quilômetros de comprimento e 5 quilômetros de largura colidiu com uma plataforma de gelo na Antártida perto da estação polar alemã Neumayer III, anunciou ontem o Instituto Alfred Wegener de Investigações Polares e Marinhas, em Bremerhaven, na Alemanha. A porta-voz do instituto destacou que o iceberg, que tinha uma espessura de 200 metros, causou uma fenda de 2 quilômetros de comprimento na plataforma. A colisão, que ocorreu no dia 11, fez desprender um bloco de gelo de 300 metros de comprimento e 700 metros de largura da plataforma gelada na costa da Antártida. O instituto, localizado na costa do Mar do Norte, qualificou a colisão do iceberg, que tem um peso de 400 milhões de toneladas, de "sensação científica" e revelou que o gigante de gelo se movimentava a uma velocidade de 15 quilômetros por dia quando ocorreu o choque. Os cientistas alemães baseados na estação Neumayer III, situada a cerca de 10 quilômetros do local onde se deu a colisão, tiveram a oportunidade de observar o fenômeno de perto. Segundo os cálculos dos especialistas, a energia liberada no momento do choque foi equivalente a cerca de 10 toneladas de explosivos convencionais. A equipe de pesquisadores alemães pôde ainda registrar o fenômeno com a ajuda de sismógrafos. As imagens foram captadas via satélite e permitiram avançar nas investigações sobre o comportamento das massas de gelo na Antártida. O iceberg gigante, que recebeu o nome científico de B-15-K, vinha sendo observado há muito tempo. Trata-se de um fragmento de um iceberg ainda maior, o B-15, que possui uma superfície de 11 mil quilômetros quadrados e se desprendeu, em março de 2000, de uma plataforma de gelo em Ross, na Antártida. Em outubro de 2009, outro fragmento de iceberg, o C-19, também se colidiu com uma plataforma de gelo nas proximidades da base de estudos alemã na Antártida.

Nenhum comentário: