sexta-feira, 15 de abril de 2011

Classificação da ameaça radioativa

Apesar de classificação parecida, a tragédia em Fukushima ainda é menor do que em Chernobyl em 1.986.
Níveis de acidente
Nível 1 – Anomalia – Índice de exposição radioativa pouco acima do considerado normal
Nível 2 – Incidente – Nível de contaminação passa a ser preocupante
Nível 3 -  Incidente sério – Exposição à radioatividade pode causar problemas de saúde não letais
Nível 4 – Acidente com consequências locais – Nível baixo de material radioativo com pelo menos uma morte por radiação
Nível 5 – Acidente com consequências mais amplas - Contaminação limitada com diversas mortes causadas por radiação
Nível 6 – Acidente sério – Nível significante de radioatividade
Nível 7 – Acidente grave (Chernobyl e Fukushima) – Grande liberação de material radioativo com enorme impacto no ambiente e na saúde (OESP)

Nenhum comentário: