domingo, 17 de abril de 2011

A pegada hídrica da humanidade

Clique em http://www.oeco.com.br/images/stories/flash/interactive.swf e explore a pega hídrica de cada país. Utilize os ícones no canto superior esquerdo para ver as diferentes modalidades de uso. As traduções para cada uma delas segue abaixo.
A Pegada Global da Água é um projeto com base nas pesquisas realizadas pela Unesco e pela Universidade de Twente, na Holanda. O projeto tem como objetivo visualizar a pegada hídrica de 132 países e tornar tangível o impacto do nosso consumo de água doce.
Encarar as questões hídricas significa compreender o uso que fazemos deste precioso recurso. O projeto visa ilustrar que 86% da nossa pegada de água per capita é devido ao consumo de alimentos (produtos agrícolas). Além disso, devemos nos lembrar de que, quando consumimos e comercializamos produtos, nós estamos consumindo e comercializando a água utilizada para produzi-los (água virtual).
A cada segundo, numa escala mundial, estão ocorrendo fluxos invisíveis de água virtualmente. Quando movemos produtos de um país para outro, estamos não só movendo os produtos reais, mas praticamente toda a água que foi usada na produção destes. Para os países com escassez de água pode ser preferível importar água virtual, por meio da importação de produtos alimentares ao invés de usar os limitados recursos hídricos para produção agrícola interna.
A água virtual pode ser uma solução para a falta de simetria entre locais nos quais a água é necessária e onde existe água. Levando em conta esses fluxos de água virtual pode nos ajudar na melhor gestão da água e de nossas interdependências, considerando de forma mais eficiente nossas necessidades.
1. A FÓRMULA DA PEGADA HÍDRICA - A pegada hídrica de uma nação é a soma de sua pegada interna e externa, ou seja, o volume de água utilizado para produzir, dentro e fora do país, todos os bens e serviços consumidos pelos seus habitantes. O pôster transmite com uso de cartogramas a fórmula da pegada de água.
2. Recursos hídricos internos para as necessidades domésticas O mapa representa o volume médio, por habitante, da água para suprir as necessidades domésticas (ex. limpeza, cozinhar, lavar roupa) em cada país.
3. Recursos hídricos internos para produtos agrícolas O mapa representa o volume médio, por habitante, da água utilizada para a produção agrícola de consumo interno em cada país.
4.  Recursos hídricos internos para produtos industrializados O mapa representa o volume médio, por habitante, da água utilizada para a produção de bens industrializados de consumo interno em cada país.
5. Recursos hídricos externos para produção agrícola O mapa representa o volume médio, por habitante, da água utilizada para a produção de bens industrializados produzidos no exterior, importados e consumidos em cada país.
6. Recursos hídricos externos para produção industrial O mapa representa o volume médio, por habitante, de água utilizada para os produtos industrializados produzidos no exterior, importados e consumidos em cada país. (oeco.com.br)

Nenhum comentário: