quinta-feira, 7 de abril de 2011

''50 de Fukushima'' esperam a morte

''50 de Fukushima'' esperam a morte em poucas semanas
Os soldados, bombeiros e técnicos que lutam para controlar o vazamento nos reatores da usina nuclear de Fukushima sabem que morrerão dentro de algumas semanas em razão da exposição excessiva à radiação.
Segundo a mãe de um dos homens, entrevistada pela Fox News, o grupo está resignado.
"O meu filho e seus colegas têm discutido sobre isto e comprometeram-se a trabalhar, ainda que isso signifique a morte", disse.
"Eles concluíram que é inevitável que muitos morram nas próximas semanas. Eles sabem que é impossível não terem sido expostos a doses letais de radiação."
O grupo, conhecido como os "50 de Fukushima", é composto por cerca de 300 homens que trabalham em turnos de 50 pessoas.
Nas últimas semanas, eles se tornaram heróis e passaram a ser chamados de "Samurais Atômicos".
Apesar da grande exposição à radiação, a Tokyo Electric Power, empresa que administra a usina, diz não ter encontrado nenhum sinal de doença nos trabalhadores desde que três deles foram internados na semana passada. (OESP)

Nenhum comentário: