terça-feira, 7 de agosto de 2012

Supermercados fornecerão sacolas biodegradáveis

Justiça obriga supermercados a fornecer sacolinhas biodegradáveis a clientes
A Luta criminosa dos supermercados e da Apas para deixar de fornecer embalagens aos consumidores, acabou de forma trágica para as empresas e a associação, e mágica para os consumidores e o meio ambiente.
Tudo pelo fato de a APAS ter se juntado aos grandes supermercados, com o objetivo escuso de parar de fornecer embalagens aos consumidores, sob a desculpa de preservação ao Meio Ambiente, mas com o objetivo real de reduzir custos para os donos dos mercados.
Porém o tiro saiu pela culatra, já que a reação da sociedade paulista foi contrária à medida e os órgãos de defesa do consumidor, junto ao ministério Público, atuaram de forma exemplar e conseguiram que a medida venha a ter efetivamente um cunho de preservação ambiental, com os supermercados fornecendo embalagens biodegradáveis aos consumidores.
A vitória dos consumidores veio através de uma decisão da justiça paulista, anunciada nesta quarta-feira (01/08/2012), que obriga os supermercados a fornecer gratuitamente embalagens biodegradáveis aos consumidores, e estipula multa de R$ 20 mil/dia caso os estabelecimentos não cumpram a determinação. A decisão ainda obriga a APAS a comunicar seus associados no prazo de 48 horas sobre a decisão.
Os supermercados e a Associação Paulista de Supermercados não podem reclamar da decisão judicial, pois o argumento destes no início de todo o processo, era de que a medida de não fornecer sacolinhas ajudaria o meio ambiente. Desta forma, se os clientes receberem sacolas biodegradáveis o meio ambiente estará salvo e a comodidade do consumidor assegurada.
Parabéns a juíza Cynthia Torres Cristófaro, que proferiu a decisão, e a todos aqueles que têm lutado contra esta medida criminosa e descabida dos Supermercados e da APAS. (noticiasnumclick)

Nenhum comentário: