segunda-feira, 29 de julho de 2013

JMJ deixa menos lixo em Copacabana I

JMJ deixa menos lixo em Copacabana do que Réveillon I
Segundo empresa de limpeza urbana, foram retiradas cerca de 17 toneladas de lixo após a missa, na qual entre 400 mil e 500 mil pessoas compareceram.
Peregrinos na praia de Copacabana para comemorar o Dia Mundial da Juventude, que marcou a abertura da Jornada Mundial da Juventude.
A quantidade de lixo recolhida pela companhia de limpeza urbana do Rio de Janeiro (Comlurb) na praia de Copacabana após a missa oficial de abertura da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) em 23/07/13 foi bem menor do que é geralmente retirado após grandes eventos na areia da praia.
Segundo a empresa, foram retiradas cerca de 17 toneladas de lixo de Copacabana após a missa, na qual entre 400 mil e 500 mil pessoas compareceram.
No último Réveillon, por exemplo, foram recolhidos 300 toneladas. Cerca de 2 milhões de pessoas estiveram na festa de fim de ano na praia na virada de 2012 para 2013.
A consciência ambiental dos peregrinos chamou a atenção dos garis da Comlurb. Em vez de lixo espalhado, garrafas, latas e restos de oferendas, o que se viu após a missa foram resíduos acondicionados em sua maioria em sacos plásticos.
"Isso facilitou o nosso trabalho da Comlurb... Per capita, foi menos de 50 gramas por pessoa", disse o secretário municipal de Conservação, Marcus Belchior.
Filas no Metrô
A estação Carioca do metrô do Rio de Janeiro estava lotada de peregrinos na tarde de 24/07/13. Eles faziam uma enorme fila para obter o bilhete especial do metrô, necessário para passageiros que embarcaram a partir do meio-dia de 25 e 26/07, independentemente de seu trajeto.
Foi decretado feriado na cidade nesses dois dias devido aos eventos do papa Francisco na Jornada Mundial da Juventude (JMJ). (exame)


Nenhum comentário: