terça-feira, 17 de setembro de 2013

Aumenta o desperdício de alimentos na Ásia-Pacífico

FAO acusa aumento do desperdício dos alimentos na Ásia-Pacífico
Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO) denunciou em 10/09/13 em Bangcoc, um "aumento do desperdício de alimentos" na região Ásia-Pacífico em consequência das colheitas e da distribuição, mas também dos maus hábitos dos consumidores.
"Em média, quase 35% se perdem ou são desperdiçados após a colheita", declarou Hiroyuki Konuma, representante da FAO para a região Ásia-Pacífico.
Segundo os números da FAO, as perdas, de 30% para os cereais, aumentam a 42% para as frutas e verduras produzidas nesta região pelo déficit de planejamento, pragas de insetos ou parasitas e uma logística deficiente.
Konuma ressaltou o "crescente problema do desperdício de alimentos na região" durante uma reunião com 130 representantes de 20 países da Ásia-Pacífico, do Paquistão às Filipinas.
A região Ásia-Pacífico permanece, no entanto, atrás da Europa e da América do Norte, com 120 quilos de alimentos desperdiçados por habitante ano, contra 300 quilos das outras duas regiões, segundo a FAO.
Para o agrônomo indiano Swaminathan, um dos pais da "revolução verde" na Índia, a luta contra o desperdício passa pela "educação e mobilização social".
Segundo a FAO, a redução de 25% do desperdício de comida no mundo poderia alimentar as 870 milhões de pessoas que sofrem de fome, 536 milhões delas na região Ásia Pacífico. (yahoo)

Nenhum comentário: