sexta-feira, 15 de novembro de 2013

2013 será um dos anos mais quentes da história

2013 será um dos anos mais quentes da história, alerta a Organização Meteorológica Mundial
Segundo especialistas da OMM, a elevação do mar corresponde ao dobro do registrado no século passado, que era de 1,6 mm/na.
A Organização Meteorológica Mundial afirma que o ano de 2013 está sendo marcado por fenômenos naturais extremos, como o supertufão Haiyan nas Filipinas, e um aumento recorde do nível do mar. Este ano também deve ser um dos mais quentes da história, alertou a agência da ONU em 13/11/13.
O relatório da Organização Meteorológica Mundial foi divulgado hoje na Suíça, com base em dados recolhidos nos nove primeiros meses do ano. Ele indica que 2013 está a um passo de entrar para a lista dos dez anos mais quentes desde 1850, quando os dados começaram a ser coletados.
A maior parte das regiões do planeta registrou temperaturas superiores à média, em particular a Austrália, América do Norte, o nordeste da América do Sul, o norte da África e uma grande parte da Eurásia.
Aumento do nível do mar
A agência especializada da ONU constatou que o nível do mar atingiu um novo recorde em março de 2013. Segundo especialistas da OMM, a elevação do mar tem ocorrido num ritmo de 3,2 milímetros por ano em média, medida que se aproxima do ritmo de 3 mm/ano observado entre 2001 a 2010, e corresponde ao dobro do registrado no século passado, que era de 1,6 mm/ano.
Esse aumento do nível do mar vai continuar com o derretimento das calotas polares. Outro dado alarmante: os oceanos absorvem 90% do calor gerado pelos gases poluentes responsáveis pelo efeito estufa, um fenômeno que vai continuar influenciando o clima nas próximas décadas.
Este relatório é mais uma advertência aos especialistas reunidos na Conferência de Mudanças Climáticas da ONU, em Varsóvia, que devem encontrar um novo acordo global sobre o controle das emissões de CO2 até 2015. (ecodebate)
 


Nenhum comentário: