quarta-feira, 9 de julho de 2014

Nível do Sistema Cantareira em 09/07/14

Nível do Sistema Cantareira cai novamente e chega aos 18,2% em 09/07/14
Represas do Alto Tietê e Guarapiranga também registraram quedas.
Sistema Cantareira continua secando pouco a pouco
O volume de água armazenada no Sistema Cantareira diminuiu mais 0,2% em 08/07/14 e chegou aos 18,2% de sua capacidade, de acordo com dados da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo). No mesmo período do ano passado, o nível de água era de 56%.  
Outras duas represas também registraram queda. O Sistema Alto Tietê passou de 24,4% para 24,2%. Já o Sistema Guarapiranga caiu de 69,4% para 69,1%.
Uma análise estatística feita pelo comitê que monitora a seca nos reservatórios revela      que o sistema tem apenas 25% de chance de acumular entre dezembro e abril/15 uma quantidade de água (546 bilhões de litros) suficiente para repor o "volume morto" usado emergencialmente e ainda devolver ao Cantareira 37% da sua capacidade antes do próximo período de estiagem.
Segundo o levantamento feito pelo comitê anticrise, os cálculos mostram que a probabilidade de o Cantareira obter um saldo igual ou superior a 394 bilhões de litros entre dezembro e abril é de 50%, e sobe para 75% quando a quantidade acumulada nesses cinco meses cai para 219 bilhões de litros. Se as projeções mais pessimistas do comitê e da Sabesp se confirmarem, o "volume útil" do manancial acaba nesta semana e o "volume morto" entre outubro e novembro. Desta forma, no primeiro cenário, o Sistema chegaria a maio de 2015 com cerca de 22% da capacidade normal e, no segundo, com apenas 4%.
A Sabesp informou em nota que espera que o período de chuvas que tem início em outubro deste ano "ajude a normalizar os níveis dos mananciais" e que "está preparada para garantir o abastecimento da Região Metropolitana de São Paulo até meados de março de 2015". (r7)

Nenhum comentário: