quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Reservatório de sobradinho zerará em dezembro

Reservatório de sobradinho deve zerar em dezembro, aponta MME.
O reservatório de Sobradinho deve chegar a zero em dezembro, quando está se iniciando o período úmido. A informação foi dada pelo ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, e segundo ele, a situação não comprometerá o abastecimento de energia da região. "Chegando a zero, a gente tem muita água lá e dá para atender [a população]", afirmou. No entanto, o Operador Nacional do Sistema Elétrico está preocupado com a situação no final de 2017 e, por isso, segundo Coelho, pediu ao MME estudos para a redução da vazão do rio São Francisco de 800 m³/s para 700 m³/s.

"Segundo ONS, se chover [nesse próximo período úmido] a mesma quantidade que choveu o ano passado e mantivermos a vazão de 800 m³/s ao longo desse ano, possivelmente vamos chegar ao fim de 2017 com Sobradinho a -15%, -16% do volume e aí, de fato, dentro mesmo do volume morto", explicou o ministro que participou em 15/09/16 da reunião do Conselho de Energia da Firjan, no Rio de Janeiro.
No entanto, ele ponderou que para que isso aconteça, é preciso que algumas premissas se confirmem e a primeira delas é a quantidade de chuvas que vai acontecer no período úmido, que vai do fim de novembro a março. "Ao final de março que a gente tem que ver o volume que teremos na barragem", disse. A expectativa, continuou Coelho Filho, é que até lá essa discussão já tenha evoluído dentro do governo e também com o Ibama e com os estados, visto que a redução da vazão afeta a captação de água.
"O que o ONS fala é que se a gente reduzir a vazão para 700 m³/s, a gente vai chegar numa situação menos crítica no final do ano que vem", declarou. Ele disse ainda que caso a redução da vazão se concretize, é possível que tenham que ser feitas obras de captação em cidades abaixo de Sobradinho, nos estados de Pernambuco, Bahia, Sergipe e Alagoas. (udop)

Nenhum comentário: