sexta-feira, 15 de junho de 2018

Nosso planeta está se afogando em plásticos

Fatos Importantes:
• Somente este ano, os fabricantes globais produzirão aproximadamente 360 milhões de toneladas.
• Nos próximos 10 a 15 anos, a produção global de plástico deverá quase duplicar.
• A produção está prevista para atingir 500 milhões de toneladas até 2025 e um escalonamento de 619 milhões de toneladas até 2030.
• Evitar o pior desses resultados requer um repensar completo da maneira como produzimos, usamos e gerenciamos o plástico.
• Os plásticos de uso único mais comuns encontrados no ambiente são, em ordem de grandeza, pontas de cigarro, garrafas plásticas de bebidas, tampinhas plásticas, embalagens de alimentos, sacolas de plástico, tampas plásticas, palhetas e agitadores, garrafas de bebida de vidro, outros sacos plásticos. e recipientes de espuma para viagem. .
• A Cooperação Econômica da Ásia-Pacífico (Apec) estima em 1,3 bilhão de dólares o impacto econômico dos plásticos marinhos para as indústrias de turismo, pesca e transporte naquela região.
• Somente na Europa, os custos estimados para limpeza de praias e praias chegam a 630 milhões de euros por ano (Comissão Europeia, 2015), e estudos sugerem que o prejuízo econômico anual do plástico ao ecossistema marinho mundial é de pelo menos 13 bilhões de dólares (UNEP, 2014)
• Dos 24 países africanos que introduziram proibições nacionais de sacolas plásticas, mais da metade (58%) foi implementada entre 2014-2017.
Números:
• Até 5 trilhões de sacos de plástico são usados a cada ano
• 13 milhões de toneladas de vazamento de plástico no oceano a cada ano
• 17 milhões de barris de óleo usados na produção de plástico a cada ano
• 1 milhão de garrafas plásticas compradas a cada minuto
• 100.000 animais marinhos mortos por plásticos a cada ano
• 100 anos para plástico se degradar no meio ambiente
• 90% de água engarrafada contendo partículas de plástico
• 83% da água da torneira contêm partículas de plástico
• 50% dos plásticos de consumo são de uso único
• 10% de todos os resíduos gerados por seres humanos são de plástico. (ecodebate)

Nenhum comentário: