segunda-feira, 7 de junho de 2010

Mude suas atitudes ambientais

Preocupação com o meio ambiente deve ocorrer todos os dias. Nesses últimos meses as grandes tragédias ambientais nacionais foram decorrentes de problemas ambientais. Um dos grandes exemplos foi a destruição do morro do Bumba, em Niterói/RJ, que causou mais de 200 mortes. Casas construídas em encostas, sobre lixões, lixo espalhado pelas ruas, refletem uma desconsideração humana com o meio-ambiente. Um encontro mundial promovido pela ONU, em 1972, reuniu 113 países, além de 250 organizações não governamentais (ONGs), para tratar do assunto e dos riscos desse comportamento, que não é atual. Desde então, encontros sobre essa perspectiva ocorreram em vários lugares do mundo. Uma das questões sempre em pauta é a água, isso graças aos números de desperdício desse meio de vida. Do total de água do planeta, apenas 2,5% é doce. Para se ter uma ideia, se toda a água do planeta coubesse em um litro, a água doce corresponderia a uma colher de chá. No entanto, dessa quantidade podemos utilizar apenas uma parte, já que boa parte dela é de geleiras em alto mar. Dessa forma, é essencial evitar o desperdício. Atitudes como a troca de equipamentos gastadores, como chuveiros, descargas, torneiras de consumo muito alto, como 20 litros por acionamento, por produtos economizadores, de até 6 litros, geraria uma boa diferença. Outra maneira de auxiliar na preservação do meio ambiente é a reciclagem. O lixo é um problema para a maior parte das cidades no Brasil. Em São Paulo, estima-se que se produza 12 mil toneladas de lixo por dia. Em uma semana, a população consegue encher um estádio de sacolas, garrafas e vidros descartáveis. Isso não é apenas uma realidade nacional. No planeta são produzidos anualmente 400 milhões de toneladas de lixo. Com esses números a melhor solução seria a reciclagem. Além de reutilizar o material descartado, evitando a poluição dos solos, do ar e das águas, o consumo de matéria- prima seria bem menor. Por exemplo, se o Brasil reciclasse todas as latas de aço consumidas seria possível evitar a retirada de mil toneladas de minério de ferro por ano, além de economizar energia que poderia abastecer quatro bilhões de lâmpadas de 60 Watts. Para comemorar o mês do dia Internacional do Meio Ambiente (05 de junho), nada melhor que uma mudança de atitudes individuais. Não jogar lixo e pontas de cigarros na rua, reutilizar produtos várias vezes antes de descartá-los, reaproveitar alimentos, etc. Esse é o único tema que iguala as pessoas. O que acontece de um lado, como os desabamentos das encostas, também interfere do outro. Pense que todos nós somos iguais diante dos problemas ambientais. Comparativo da Reciclagem Material – O Brasil recicla – Curiosidades Vidro – 5% - O Japão recicla 55%. Papel/papelão – 36% - O Brasil importa apenas para reciclar. Plástico/filme (sacolas de supermercado) – 15% - Representa 3% do lixo urbano nas capitais. Pet (embalagens de refrigerantes) – 15% - O Pet reciclado se transforma em fibras. Óleo – 18% - Apenas 1% do óleo consumido no mundo é reciclado. Latas de aço – 35% - O Brasil importa latas usadas para a reciclagem. Pneu – 10% - Brasil exporta pneu para a reciclagem. Embalagens longa-vida – Não há dados – A incineração é considerada excelente combustível. (Jornal Saúde UltraFarma)

Nenhum comentário: