sábado, 9 de abril de 2011

11 mil toneladas de água radioativa no mar

Japão despejará no mar 11 mil toneladas de água radioativa
Medida tem como objetivo retirar água usada em tentativa de resfriar reator após falha causada por tsunami
Danos
Plantações de arroz devastadas na cidade de Natori
A Tokyo Electric Power (Tepco), empresa que opera a usina nuclear de Fukushima, no Japão, informou ontem que lançará 11,5 mil toneladas de água com baixa radioatividade no Oceano Pacífico.
Segundo a companhia, a medida faz parte dos esforços para acelerar a eliminação de poças na usina, que foi danificada pelo terremoto e pelo tsunami, que arrasaram boa parte do norte do país no dia 11/03.
A Agência de Segurança Nuclear e Industrial do Japão endossou o plano, sob o argumento de que se trata de "uma medida inevitável".
O objetivo é lançar 10 mil toneladas de água com baixa radioatividade que se empoçou na usina após as tentativas frustradas de resfriamento adotadas desde o desastre natural.
A Tepco quer secar a usina e utilizá-la para estocar água altamente radioativa que está no piso inferior do prédio da turbina do reator número 2. A empresa também lançará um total de 1,5 mil toneladas de água que foi coletada debaixo dos reatores número 5 e 6.
O governo japonês retirou todas as pessoas que vivem num raio de 20 quilômetros da usina para evitar a contaminação. Mas a ampliação da área de restrição foi desmentida ontem pelas autoridades do país.
Tragédia em números
12.157 é a cifra oficial de mortes causadas pelo terremoto e tsunami que abalaram o Japão no dia 11
15.496 pessoas estão desaparecidas
159.828 japoneses estão desabrigados

Nenhum comentário: