quarta-feira, 13 de julho de 2011

O que é Selo Verde?

É a denominação mais comum para a marca do Forset Stewardship Council, o FSC. Esse selo pode ser reconhecido internacionalmente pelos consumidores de madeira e produtores derivados, como móveis e estruturas para a construção civil. Desta forma o comprador pode ter certeza que adquiriu um produto que não agride as florestas tropicais.
O Selo verde surgiu a partir da crescente preocupação ambiental dos consumidores, principalmente do mercado europeu. Foi quando governos e organizações não governamentais (ONGs) de vários países formularam um conjunto de normas para regular o comércio de produtos provenientes das florestas tropicais através de acordos internacionais. Ficou definido que as madeireiras que possuem o selo verde deveriam comercializar apenas produtos retirados das florestas de forma ambientalmente correta e enquadrados em um plano de manejo certificado por organismos internacionalmente reconhecidos, como o FSC.
Hoje, mais de 80% da madeira extraída na Amazônia vem de retiradas ilegais. A extração de árvores através do manejo florestal é um dos caminhos para mudar essa realidade. Estamos no inicio da construção de uma comunidade global sustentável, hoje os consumidores estão mais críticos e atentos a esses “pequenos detalhes”, pois possuem a consciência que as madeiras certificadas ajudam a preservar as florestas tropicais do mundo. Também é a única opção capaz de multiplicar os valores ambiental, social e econômico da floresta.
Uma matéria muito interessante publicada no estadão diz que “as certificações socioambientais, ou selos verdes, estão deixando de ser um diferencial voltado a nichos de mercado para se tornar exigência para se fazer negócio. A pressão dos consumidores, de ONGs e das próprias empresas está mudando o modo como os grandes grupos estão conduzindo seus negócios.” (ecointeracao)

Nenhum comentário: