domingo, 9 de outubro de 2011

Cidades mais poluídas do Brasil e do Mundo

Estudo inédito da Organização Mundial da Saúde (OMS) em mais de 1100 cidades em todo o mundo constata que o ar do Rio de Janeiro é mais poluído do que o de São Paulo. A grande Rio de Janeiro, ou seja, a área metropolitana, é a 144ª região mais poluída do mundo. A Grande São Paulo ficou na 268ª posição.
No ranking de países o Brasil é o 44º, perdendo para os países do Leste Europeu, taxados de ter indústrias obsoletas herdadas da antiga União Soviética, segundo reportagem publicada pelo jornal O Estado de S.Paulo. O país ostenta também a triste 9ª posição quando se mede o ranking de mortes provocadas por problemas respiratórios.
A OMS recomenda um máximo de 20 microgramas para cada metro cúbico de ar. O Rio tem 64 microgramas enquanto São Paulo apresentou 38 microgramas por metro cúbico de ar.
Isto porém não vai atrapalhar em nada os atletas que disputarão as Olimpíadas de 2016 já que Pequim apresenta um índice seis vezes maior do que a região fluminense.
As cidades/regiões de grande porte menos poluídas do Brasil são Curitiba (29 microgramas) e Belo Horizonte, que juntamente com algumas regiões do interior de São Paulo apresenta taxas abaixo do teto da OMS de 20 microgramas.
Veja o ranking das cidades/regiões mais poluídas do mundo
1º. País: Irã | Cidade/Região: Ahwaz (372 microgramas)
2º. País: Mongólia | Cidade/Região: Ulaanbaatar (279 microgramas)
3º. País: Irã | Cidade/Região: Sanandaj (254 microgramas)
4º. País: Índia | Cidade/Região: Ludhiana (251 microgramas)
4º. País: Paquistão | Cidade/Região: Quetta (251 microgramas)
6º. País: Irã | Cidade/Região: Kermanshah (229 microgramas)
7º. País: Paquistão | Cidade/Região: Peshawar (219 microgramas)
8º. País: Botswana | Cidade/Região: Gaborone (216 microgramas)
9º. País: Irã | Cidade/Região: Yasouj (215 microgramas)
10º. País: Índia | Cidade/Região: Kanpur (209 microgramas)
Cidades/regiões mais poluídas do Brasil
144º. Região Metropolitana do Rio de Janeiro/RJ: 64 microgramas
204º. Região de Cubatão/SP: 48 microgramas
267º. Região de Campinas/SP: 39 microgramas
268º. Região Metropolitana de São Paulo/SP: 38 microgramas
360º. Região Metropolitana de Curitiba/SP: 29 microgramas
383º. Região de Sorocaba/SP: 28 microgramas
384º. Região de São José do Rio Preto/SP: 28 microgramas
385º. Região de Ribeirão Preto/SP: 28 microgramas
391º. Região de Volta Redonda/RJ: 28 microgramas
410º. Região de Araraquara/SP: 27 microgramas
430º. Região de Araçatuba/SP: 26 microgramas
532º. Betim/MG: 22 microgramas
574º. Região de São José dos Campos/SP: 21 microgramas
575º. Região de Marília/SP: 21 microgramas
615º. Belo Horizonte/MG: 20 microgramas
732º. Ibirité/MG: 18 microgramas
832º. Pontal do Paranapanema/SP: 16 microgramas (curiosando + OESP)

Nenhum comentário: