terça-feira, 25 de outubro de 2011

De onde vem o lixo produzido no mundo

O planeta gera 30 bilhões de toneladas de resíduos sólidos por ano. O lixo urbano contribui com apenas 2,5% do total, mas os países perdem dinheiro ao não reciclá-lo. No Brasil, o prejuízo anual é de R$ 8 bilhões.
2,5% são resíduos sólidos urbanos
Públicos
Varrição pública, limpezas de bueiros, podas de árvores, lixo de feiras livres.
Comerciais
Resíduos de lojas, restaurantes, supermercados, padarias, bares, mercearias, bancos, shoppings.
Sólidos domiciliares
# Fração úmida – basicamente lixo culinário. Resto de comida, borra de café, folhas, óleo de fritura, alimentos estragados, talos, sementes, cascas, ossos, sebos de animais, restos de podas de jardim, migalhas, terra, dejetos de animais.
No Brasil, a fração úmida do lixo domiciliar é estimada entre 52% e 67% do total produzido.
# Fração seca – são latas, vidros, frascos, papel, papelão, garrafas, plásticos de todo o tipo. As embalagens perfazem a maior parte dessa fração.
No Brasil, a fração seca do lixo domiciliar é estimada entre 20% e 30% do total produzido.
# Inservíveis – papel higiênico, jornais, livros. Fotos, celofanes, tocos de cigarro, papelão impregnado de óleo.
No Brasil, a fração dos inservíveis representa 15% do lixo sólido domiciliar.
# Especiais – pilhas, baterias, lâmpadas fluorescentes, pneus e outros.
Um pneu pode demorar até 10 mil anos para se degradar.
Construção e demolição
Madeira, compensados e serragem, cordas, vidro, ferro, alumínio, cobre, latão, bronze, concreto, argamassa, brita, gesso, areia, adobe, pedras ornamentais, cerâmica.
Calcula-se que uma obra no Brasil gere 3 vezes mais resíduos do que na União Europeia.
Especiais
Alimentos e medicamentos com validade vencida, produtos químicos corrosivos, tóxicos e inflamáveis e lixo hospitalar.
Geradores:
# Serviço de saúde
No Brasil, a porção que necessita de cuidados especiais é de 10% a 25% do total
- Portos
- Aeroportos
- Terminais rodoviários e ferroviários
Eletroeletrônicos
O Brasil produz anualmente:
680 mil toneladas por ano de resíduos eletrônicos
São 3,5 kg por habitante ao ano
5% dos resíduos sólidos urbanos do mundo do mundo são resíduos eletrônicos
São restos de celulares, computadores, gadgets e aparelhos eletrônicos em geral, eletrodomésticos (OESP)

Nenhum comentário: