segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

Protesto contra mudança climática

Protesto contra mudança climática reúne 400 jovens em Doha
Nas ruas. Cerca de mil pessoas marcharam pela capital
Protesto é atípico no Catar, onde as manifestações costumam ser restringidas.
Cerca de 400 jovens fizeram uma passeata em 01/12/12 pelas ruas de Doha para conscientizar o mundo árabe sobre a elevação das temperaturas - um protesto atípico no Catar, onde as manifestações costumam ser restringidas -, coincidindo com a realização da cúpula da ONU sobre mudança climática na cidade.
Sob o lema "Um meio ambiente, um povo, uma terra", os jovens árabes se manifestaram na avenida Corniche, perto do mar. Com a passeata, que ocorreu de forma pacífica, os participantes pediam a atenção dos governos árabes para que assumam a liderança nas negociações sobre o clima.
"Encorajamos o Catar a se colocar à frente das negociações, porque se o fizer, os demais países seguirão este rumo", disse em entrevista à Agência Efe uma das organizadoras, a ativista egípcia Mariam Allam, coordenadora do Movimento da Juventude Árabe pelo Clima (AYCM, na sigla em inglês).
Allam explicou que os ativistas do AYCM foram convidados pelo governo catariano para participar da conferência e, desde sua chegada, se reuniram com delegações da Argélia, Egito e Catar, entre outros países árabes.
O movimento, fundado no Cairo há menos de dois meses e com o objetivo de seguir a esteira da primavera árabe, reúne cerca de 50 jovens de 16 países da região, que veem a conferência do Catar, a primeira sobre mudança climática realizada no Oriente Médio, como uma oportunidade. (terra)



Nenhum comentário: