segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Nível do Sistema Cantareira fica estável em 7,3%

Atual cálculo da capacidade do sistema já considera as duas cotas do volume morto, acrescentadas em maio e em outubro.
Não foram registradas chuvas no sistema nas últimas 24 horas e, no mês, a pluviometria acumulada é de 3,3 milímetros, ante média histórica, mais para dezembro de 220,9 milímetros.
Após forte chuva registrada durante a madrugada de 29/12/14 na região metropolitana de São Paulo, o nível do Sistema Cantareira ficou estável, em 7,3%, segundo informações da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp). Há um ano, o índice estava em 27,5%.
O atual cálculo da capacidade do Cantareira, feito pela Sabesp, já considera as duas cotas do volume morto, acrescentadas em maio e em outubro deste ano.
Outros dois sistemas apresentaram aumento no volume de água de domingo para segunda-feira. O Rio Grande elevou de 71,3% para 71,9% e Rio Claro de 33,4% para 33,5%. O Sistema Alto Cotia ficou estável, em 31,6%.
Já o maior sistema, o Guarapiranga, que atende 4,9 milhões de pessoas, teve queda no volume armazenado, de 40,8% para 40,5%. No dia 29 de dezembro de 2013, o volume estava em 70%.>>O nível de armazenamento do Alto Tietê, já considerando os 39,4 bilhões de litros do volume morto, acrescentados há quase duas semanas, interrompeu trajetória de altas consecutivas e caiu de 12,1% para 12%. O reservatório abastece 4,5 milhões de habitantes. (yahoo)

Nenhum comentário: