quinta-feira, 7 de julho de 2016

Sustentabilidade valoriza o imóvel

Edifícios sustentáveis garantem, em média, economia de 30% na conta de luz e 40% na de água, além de valorização de 2% a 7% na venda ou aluguel.
O setor da construção civil é um dos principais responsáveis pelos impactos ambientais no mundo, consumindo 75% dos recursos naturais, 20% da água nas cidades e gerando 80 milhões de toneladas/ano de resíduos, segundo dados do Conselho Brasileiro de Construção Sustentável. Construções sustentáveis garantem o retorno financeiro do investimento em médio prazo e a economia de alguns custos operacionais, além de aumentarem o valor do imóvel no mercado e poder de revenda.
Apesar dessas construções serem um pouco mais caras, os edifícios sustentáveis garantem, em longo prazo, economia de até 30% na conta de luz e 50% na de água, além de fazer parte do marketing para valorização dos imóveis, que acabam saindo entre 2% a 7% mais caros na compra ou aluguel.
Para que seu imóvel seja sustentável, é importante utilizar sistemas de reaproveitamento de água da chuva e fontes de energia alternativas. Esses sistemas custam pouco em relação ao valor que agrega ao imóvel e à diminuição de despesas de água e luz. Além disso, projetos com características sustentáveis conseguem maior facilidade de financiamento.
Sistemas alternativos de energia já estão bastante difundidos no Brasil, mas sistemas de reaproveitamento de água realmente eficientes surgiram há pouco tempo. Existe no mercado um filtro de água da chuva, por exemplo, que capta a água vinda das calhas de um telhado, elimina as impurezas, clora, equilibra o PH e deixa a água pronta para usar em qualquer lugar da casa.
Então, se você está reformando ou construindo, considere utilizar recursos que tornem sua propriedade mais sustentável. Valorize seu investimento, pensando no retorno que terá em médio e longo prazo, além de contribuir para a conservação do meio ambiente através do consumo consciente de recursos naturais. (blog.chovechuva)

Nenhum comentário: