quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Querem recongelar o Ártico

Cientistas anunciam plano para 'recongelar' o Ártico.

Ele está 20ºC acima da média histórica registrada, de acordo com o relatório do Instituto Meteorológico da Dinamarca.

Situação é preocupante.

Cientistas anunciam plano para “recongelar” o Ártico.

Que o Ártico passa por um momento crítico não é novidade. Ele está 20ºC acima da média histórica registrada, de acordo com o relatório do Instituto Meteorológico da Dinamarca.

O aquecimento global agravou e muito essa situação, sendo assim, cientistas resolveram adotar medidas drásticas em vez de ver o gelo desaparecer da região. Para salvar o Ártico, eles pretendem “recongelar”. Mas como?
A ideia é instalar cerca de 10 milhões de bombas eólicas sobre uma calota e trazer águas gelada do mar à superfície para restabelecer o gelo derretido. A equipe, responsável pelo “projeto”, acredita que o procedimento poderia adicionar um metro extra de gelo marinho para a camada atual – o que ajudaria a protegê-la das altas temperaturas que têm afetado a região.
“O gelo mais espesso significa um gelo mais duradouro”, afirmou Steven Desch, pesquisador e físico da Universidade Estadual do Arizona, em entrevista ao The Guardian Ele conta que um metro a mais de gelo significaria reverter 17 anos de derretimento.
Mas, para que isso funcione, o sistema precisaria bombear 7,5 kg por segundo de água. E para construir 10 milhões de bombas, seria preciso 10 milhões de toneladas de aço. Isso tudo para cobrir apenas 10% da área de 107 km2 do Ártico. E aí fica a questão: como levar tudo isso ao Polo Norte?
É claro que isso não passa de uma teoria e, provavelmente, nem vai sair do papel.Este projeto está estimado em cerca de US$ 500 bilhões. Ou seja, todos os governos do mundo teriam que se empenhar para arcar com os custos astronômicos da instalação desse ar-condicionado gigante. (yahoo)

Nenhum comentário: