domingo, 23 de abril de 2017

Recursos Hídricos na Comunidade de Triângulo

Recursos Hídricos na Comunidade de Triângulo: potencial de aproveitamento e gestão
O uso racional da água é uma preocupação global e deve ser redobrada em regiões semiáridas. Sobretudo na região nordeste do Brasil, o acesso a água é, em geral, bastante limitado, seja por condições climáticas ou pela falta de infraestrutura para convivências com tais condições.
Na comunidade de Triângulo, onde se realizou essa pesquisa, o acesso a água se contrapõe a realidade acima citada. Trata-se de uma comunidade com grande disponibilidade de água, rodeada de nascentes, riachos, rios e cachoeiras. O que há é a incidência de contaminação, devido principalmente a utilização de encanações e construção de barragens irregulares, falta de fiscalização quanto à outorga, bem como, a retirada de solo, rocha e vegetação nativa das margens para a comercialização, ou seja, falta controle social.
Para confirmar tal declaração, foi realizada uma entrevista com moradores, que contou com a participação de mulheres, homens, jovens e crianças da referida comunidade. Posteriormente, foi feito o mapeamento das fontes e o encaminhamento de amostras para análise da qualidade da água sob os aspectos químicos e microbiológicos.
Esta pesquisa visa fornecer conhecimento a comunidade de Triângulo e comunidades em geral, sobre as ações antrópicas que podem impactar na qualidade da água e consequentemente na saúde e qualidade de vida dos usuários, além de mobilizá-la na implementação de ações de preservação do meio ambiente local, para que os recursos naturais disponíveis se mantenham conservados, considerando os níveis de quantidade e qualidade, para as gerações presentes e futuras. (ecodebate)

Nenhum comentário: