segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Rio 2016 terá programa histórico para mitigação de gases

Rio 2016 terá programa histórico para mitigação de gases de efeito estufa
O Comitê Organizador Rio 2016 anunciou a Dow como Parceiro Oficial de Carbono dos próximos Jogos Olímpicos, com a meta de criar benefícios climáticos para mitigar as emissões diretas de gases de efeito estufa resultantes da organização e entrega do evento. Assim, a Dow, Parceiro Olímpico Oficial, se torna o primeiro parceiro do “Abraça”,  programa desenvolvido pelo Rio 2016 para promover e organizar Jogos com baixo impacto ambiental e um legado social positivo.
“Para Rio 2016, a sustentabilidade é um imperativo e está presente em todas as etapas de organização, entrega e pós-Jogos. Além disso, as tecnologias utilizadas no programa de mitigação de carbono vão gerar um importante legado para diversos setores econômicos do país”, afirma Tânia Braga, gerente geral de sustentabilidade do Rio 2016. “A responsabilidade pelas emissões é um compromisso que assumimos ainda na candidatura dos Jogos. O desafio é imenso, mas tenho certeza de que teremos sucesso no programa de mitigação de carbono mais abrangente da história dos Jogos Olímpicos.”
Como Parceiro Oficial de Carbono do Rio 2016, a Dow vai mitigar 500 mil toneladas de CO2 equivalentes (CO2eq) provenientes da organização e entrega dos Jogos Olímpicos por meio de reduções verificadas por especialistas externos. Dow e Rio 2016 ainda vão trabalhar para gerar benefícios climáticos adicionais de 1,5 milhão de CO2eq até 2026, destinados a outras emissões ligadas aos Jogos.
O Comitê Organizador Rio 2016 anuncia hoje a Dow como Parceiro Oficial de Carbono dos próximos Jogos Olímpicos, com a meta de criar benefícios climáticos para mitigar as emissões diretas de gases de efeito estufa resultantes da organização e entrega do evento. Assim, a Dow, Parceiro Olímpico Oficial, se torna o primeiro parceiro do “Abraça”, programa desenvolvido pelo Rio 2016 para promover e organizar Jogos com baixo impacto ambiental e um legado social positivo.
“Para o Rio 2016, a sustentabilidade é um imperativo e está presente em todas as etapas de organização, entrega e pós-Jogos. Além disso, as tecnologias utilizadas no programa de mitigação de carbono vão gerar um importante legado para diversos setores econômicos do país”, afirma Tânia Braga, gerente geral de sustentabilidade do Rio 2016. “A responsabilidade pelas emissões é um compromisso que assumimos ainda na candidatura dos Jogos. O desafio é imenso, mas tenho certeza de que teremos sucesso no programa de mitigação de carbono mais abrangente da história dos Jogos Olímpicos.”
Como Parceiro Oficial de Carbono do Rio 2016, a Dow vai mitigar 500 mil toneladas de CO2 equivalentes (CO2eq) provenientes da organização e entrega dos Jogos Olímpicos por meio de reduções verificadas por especialistas externos. Dow e Rio 2016 ainda vão trabalhar para gerar benefícios climáticos adicionais de 1,5 milhão de CO2eq até 2026, destinados a outras emissões ligadas aos Jogos.
“Mais do que a Companhia Química Oficial dos Jogos Olímpicos, a Dow é referência mundial em soluções de tecnologia para baixo carbono. Nada mais natural do que tê-la como parceira no ‘Abraça Sustentabilidade’”, afirma Renato Ciuchini, diretor executivo comercial do Rio 2016. “O princípio básico do ‘Abraça’ é potencializar ao máximo a sustentabilidade no âmbito dos Jogos. Nossas ações devem ser boas para o meio ambiente, para as pessoas e para os negócios. A parceria com a Dow cabe inteiramente dentro dessa proposta e está totalmente alinhada com os nossos objetivos e expectativas, pois ela abre portas para diferentes negócios e indústrias reduzirem suas pegadas de carbono e ainda contribuírem com uma das principais metas de sustentabilidade do Rio 2016, que é a de mitigar suas próprias emissões.”
Mitigação por meio da inovação
Tendo como base o sucesso e expertise resultantes do programa “Futuro Sustentável”, implementado na mitigação da pegada de carbono dos Jogos Olímpicos de Inverno Sochi 2014, a Dow elaborou um programa sob medida para atender às necessidades tecnológicas do Brasil e gerar benefícios climáticos para a mitigação da pegada de carbono direta dos Jogos Olímpicos Rio 2016.
“Em um esforço colaborativo inédito, estamos trabalhando com clientes e parceiros de diferentes setores da indústria na identificação de oportunidades para a implantação de tecnologias de baixo carbono e eficiência energética na região”, afirma Dra. Nicoletta Piccolrovazzi, diretora global de sustentabilidade e tecnologia das Operações Olímpicas da Dow. “Estamos observando oportunidades em áreas como embalagens para alimentos, agricultura, construção e processos industriais com o objetivo de gerar benefícios climáticos e mitigar as emissões diretas de CO2 dos Jogos.”
“Os Jogos Olímpicos e Paralímpicos representam uma oportunidade única para transformar o Rio de Janeiro por meio das melhorias que já estão ocorrendo na cidade e no seu entorno”, afirma Sidney Levy, CEO do Rio 2016. “Mais do que apenas gerar benefícios locais, queremos que os benefícios dos Jogos sejam nacionais. A questão do carbono é um dos melhores exemplos do legado do ‘Abraça’ para o Brasil, pois traz avanços tecnológicos para importantes áreas da nossa economia, ao mesmo tempo em que contribui na mitigação das emissões diretas de gases de efeito estufa dos Jogos.”
“Estamos honrados e orgulhosos em nos juntarmos ao Rio 2016 como primeiro parceiro do ‘Abraça Sustentabilidade’”, afirma George Hamilton, vice-presidente global das Operações Olímpicas da Dow. “Esta é mais uma prova do nosso compromisso – como a Companhia Química Oficial do Movimento Olímpico – em contribuir para a realização de Jogos Olímpicos mais sustentáveis e de alta performance.” (ambienteenergia)

Nenhum comentário: