sexta-feira, 21 de abril de 2017

Seca quebra paradigma da hídrica na base


Nordeste: seca quebra paradigma da hídrica na base.

Vazões no Nordeste recuam e previsão é de encerrar abril a 24% da MLT.


CMO médio cai a R$ 344,16/MWh em todo o país, à exceção do Norte que permanece zerado.
A segunda revisão do Programa Mensal de Operação para o mês de abril apresentou uma nova retração na expectativa de afluências para o submercado Nordeste. Agora a expectativa aponta para encerrar o mês com ENA equivalente a 24% da MLT. Nas demais regiões houve variação ante a projeção da semana anterior, no Sudeste/Centro-Oeste aumentou de 70% para 71% da média, no Sul recuou em 1%, para 84% e no Norte subiu 76% para 78% da média histórica.
A nova projeção apresentada pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico mostra um comportamento da expectativa de armazenamento condizente com as vazões. No SE/CO passou de 40,5% para 41%, no Sul caiu de 42,1% para 40,8%, no Nordeste variou negativamente em 0,2% para 21,7% ante o projetado na semana passada. Enquanto isso, no Norte, a nova previsão é de encerrar abril com 65,8% da capacidade de armazenamento ante 66,1%.
Novamente o CMO está zerado no submercado Norte. Nos demais houve leve redução, passou para R$ 344,16/MWh na média, resultado dos patamares de carga pesada e média estabelecidos em R$ 349,40/MWh e a leve em R$ 337,34/MWh em todos os demais submercados.
A projeção de carga apresentou uma nova projeção de queda, agora a expectativa do Operador é de um volume 2,7% menor do que no mesmo mês do ano passado. No SE/CO é esperada retração de 4,4%, no Sul o índice é mais elevado com queda de 4,5% e no Norte um decréscimo de 0,9% ante abril de 2016. Somente no Nordeste é esperado um crescimento na comparação com o mesmo mês do ano passado, a indicação é de um aumento de 4,9%.
A geração térmica prevista está em 10.095 MW médios. A maior parte desse volume está no SE/CO com 5.841 MW médios. A linha ordem de mérito apresenta montante de 5.355 MW médios. Em seguida vem 4.638 MW médios por inflexibilidade e 102 MW médios por restrição elétrica. Na semana operativa que começa neste sábado, 15 de abril, a previsão meteorológica aponta para a ocorrência de chuva fraca nas bacias dos rios Jacuí, Uruguai, Iguaçu, Paranapanema, Tietê e Grande. (canalenergia)


Nenhum comentário: