terça-feira, 23 de outubro de 2018

Nível global do mar pode subir 15 metros em 2300

Nível global do mar pode subir 15 metros em 2300, diz estudo.Caracterizar o que é conhecido e o que é incerto é fundamental para o gerenciamento do risco costeiro.
Partes de Nova Jersey e Nova York com 2,5 metros* (8 pés) de aumento do nível do mar. Um aumento de quase 2,5 metros é possível até 2100, no pior dos casos, de acordo com projeções. As áreas azul-claras mostram a extensão da inundação permanente. As áreas verdes brilhantes estão baixas.
A média global do nível do mar pode subir cerca de 2,5 metros até 2100 e 15 metros até 2300 se as emissões de gases do efeito estufa continuarem altas e a humanidade se mostrar inerte, de acordo com uma revisão das projeções feitas por cientistas da Rutgers.
Desde o início do século, o nível médio do mar global subiu cerca de 6 cm. Sob emissões moderadas, as estimativas centrais da média global do nível do mar de diferentes análises variam de 42 a 85 cm em 2100, 85 cm a 1,6 m em 2150 e 6 a 14 m em 2300, de acordo com o estudo, publicado na Annual Review of Environment and Resources.
Aumento do mar pode prejudicar populações costeiras, meio ambiente e estruturas.
E com 11% dos 7,6 bilhões de habitantes do mundo vivendo em áreas com menos de 10 metros acima do nível do mar, a elevação dos mares representa um grande risco para populações costeiras, economias, infraestrutura e ecossistemas em todo o mundo, diz o estudo.
O aumento do nível do mar varia com a localização e o tempo, e os cientistas desenvolveram uma série de métodos para reconstruir as mudanças passadas e projetar as futuras. Mas, apesar das abordagens diferentes, uma história clara está surgindo com relação às próximas décadas: de 2000 a 2050, o nível do mar global médio provavelmente subirá de 16 a 25 cm, mas é extremamente improvável que suba mais de 45 cm. Além de 2050, as projeções são mais sensíveis às mudanças nas emissões de gases de efeito estufa e às abordagens para projetar mudanças no nível do mar.
“Há muito que se sabe sobre mudanças no nível do mar no passado e no futuro, e muito é incerto. Mas a incerteza não é uma razão para ignorar o desafio”, disse o coautor Robert E. Kopp, professor do Departamento da Terra e Ciências Planetárias na Rutgers University-New Brunswick e diretor do Instituto Rutgers de Ciências da Terra, do Oceano e Atmosféricas . “Caracterizar cuidadosamente o que é conhecido e o que é incerto é crucial para gerenciar os riscos que o aumento do nível do mar representa para as costas ao redor do mundo”.
Os cientistas usaram estudos de caso de Atlantic City, Nova Jersey, e de Cingapura para discutir como os métodos atuais para a reconstrução de mudanças no nível do mar podem restringir futuras projeções globais e locais. Eles também discutiram abordagens para o uso de projeções científicas no nível do mar e como projeções precisas podem levar a novas questões de pesquisa no nível do mar.
Uma grande parte do aumento do nível do mar no século 20, incluindo a maior parte do aumento global desde 1975, está ligada ao aquecimento global causado pelo homem, segundo o estudo. (ecodebate)

Nenhum comentário: